A pequena Thailiny Valentim Soares – de apenas 4 anos de idade – eleita Miss Mirim Bertioga, no evento acontecido em fevereiro na cidade de Santos tem um novo desafio pela frente, que sendo superado, lhe dará a oportunidade de participar do Miss Estado de São Paulo.

“Nós precisamos conseguir R$ 1.300, que é a taxa de inscrição para o evento, sendo que com esse dinheiro a Thailiny já vai poder participar dos ensaios de passarela, ter o vestido de apresentação, entre outras coisas”, explicou Mislaine Valentim Soares, mãe da menina.

Diarista, ela consegui R$ 1.000 para que a filha pudesse participar do evento em Santos, cuja vitória em primeiro lugar abriu as portas do mundo das passarelas para Thailiny. “Agora estamos na expectativa de conseguir ajuda para conseguir os mil e trezentos reais, que têm de ser pago até o dia 20 de junho deste mês”, disse a mãe.

O forte clima de expectativa se junta à tensão da mãe e também do pai Antonio Cláudio Soares Lima. Ele é gesseiro, mas atualmente está desempregado. “Temos medo de que nossa filha tenha uma grande frustração caso não consigamos o dinheiro para a inscrição”, falou a mãe.

“Já conversamos muito com a Thailiny se ela vai entender se não conseguirmos o dinheiro. Ela disse que sim, vai entender”, diz a mãe buscando se confortar no amadurecimento precoce da filha, diante das dificuldades. Contatos de interessados em ajudar a Miss Bertioga podem ser feitos pelo telefone (13) 997464404.

Sucesso

A mãe conta como foi o início vitorioso da menina no mundo da beleza; Minha filha viu uma reportagem sobre miss na TV, desde então vivia dizendo que queria uma faixa e uma coroa, de tanta insistência decidir pesquisar, e vi que teria um concurso elegendo miss em Santos. Me aprofundei no assunto e decidi junto a ela tentar. Como candidata a Miss Bertioga tinham 1800 inscritos e ela passou junto com 300. O quadro foi diminuindo até que ficaram 30 candidatas. Fiquei preocupada e pensei em desistir. Mas ela chorou e disse que queria desfilar para ganhar a faixa de Bertioga. Lembro que antes de sair de casa a Thailiny olhou para meus tios e minha vô e disse, que iria, mas voltaria com a faixa’. E ela conseguiu. Agora está classificada para o concurso de Miss Mirim Estado de São Paulo”.

A Miss Mirim Bertioga diz demonstrando alegria:“Sou muito feliz em saber que estou a um passo de realizar meu sonho, e que depois de lutar tanto para alcançar meu objetivo estou sendo reconhecida como Miss Bertioga. Venci uma luta e preciso de patrocínio para conseguir vencer mais uma”, afirma a menina que alimenta o sonho de ser Miss Brasil. 

     

Comente a Notícia!

Seu nome:

Seu e-mail: (não divulgaremos o seu e-mail)

Seu comentário:


Comentários

Ainda não existem comentários para esta notícia.